Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Chora, meu menino, chora...


(imagem retirada da internet)




Chora, meu menino, chora!

Chora bem alto ou num só murmurinho, mas não chores sozinho.

Lava o teu rosto com lágrimas, devolve a paz ao teu fulgor

Nos dias inglórios desta batalha mais que perdida

Entrega as armas jovem guerreiro, anda, deita-te no meu colinho.

Chora, meu menino, chora!

Não escondas a tua mágoa, o teu suplício

A tua irra, o teu amor

Expulsa a traição que te escolta

Sara as chagas que te cegam

Ergue-te das cinzas e do pó, mas não o faças sozinho.

Meu filho, minha alegria.

Meus braços que te acalmaram no teu primeiro choro

Agora cansados e engelhados, anseiam por aquele abraço apertado

Seca as tuas lágrimas no meu regaço

Espera-te um afago de puro amor.

 

sinto-me: a inventar
publicado por Mia às 23:52
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Alfa a 7 de Agosto de 2008 às 02:20
Cheia de surpresas.Ora fotografa , ora escreve poesia. Muito bonito.

bjs


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30



.posts recentes

. A Morena

. Conto:Matar ou morrer por...

. O perfume daquela rosa

. Foi há um ano...

. Chuva .... O Amor

. Chora, meu menino, chora....

. Viagem

. A carta que nunca escrevi

. ...

. Alma minha

. Sonhei ....

. Saudades de mim

. A carta

. O quebra cabeças de arame...

. Ilusões

.arquivos

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds